Seguidores

*** NIJU KUN: 1- Não se esqueça que o Karate deve iniciar com saudação e terminar com saudação; 2- No Karate não existe atitude ofensiva; 3- O Karate é um assistente da justiça; 4- Conheça a si próprio antes de julgar os outros; 5- O espírito é mais importante do que a técnica; 6- Evitar o descontrole do equilíbrio mental; 7- Os infortúnios são causados pela negligência; 8- O Karate não se limita apenas à academia; 9- O aprendizado do Karate deve ser perseguido durante toda a vida; 10- O Karate dará frutos quando associado à vida cotidiana; 11- O Karate é como água quente. Se não receber calor constantemente torna-se água fria; 12- Não pense em vencer, pense em não ser vencido; 13- Mude de atitude conforme o adversário; 14- A luta depende do manejo dos pontos fracos (KYO) e fortes (JITSU); 15- Imagine que os membros de seus adversários são como espadas; 16- Para cada homem que sai do seu portão, existem milhões de adversários; 17- No início seus movimentos são artificiais, mas com a evolução tornam-se naturais; 18- A prática de fundamentos deve ser correta, porém na aplicação torna-se diferente; 19- Não se esqueça de aplicar corretamente: alta e baixa intensidade de força, expansão e contração corporal, técnicas lentas e rápidas; 20- Estudar, praticar e aperfeiçoar-se sempre."

DVDs de Karate-Do

VENDA DE DVDs

O Melhor da Net

Nihon Karate Kyokai Mão de Ferro Escola de Karate-Do do Brasil Karate Santamariense Mosteiro Zen Morro da Vargem Jutsko - Gustaaf Lefevre Junior Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem

Visualizações

Visitantes

Translate

COPA NÁPOLES DE KARATE - Alegria, Alegria!

Ainda que sob um nefasto clima de literal guerrilha urbana em algumas localidades da cidade do Rio de Janeiro, consequência última de séculos de histórica ausência de oportunidades, investimentos em educação e distribuição de renda (capitanias hereditárias, escravatura e sua "abolição", reforma agrária nunca realizada, neo-liberalismo vigente), ao menos no universo do esporte a alegria venceu o medo.
A comunidade das artes marciais brindou este domingo, 28/11/10, com um belo espetáculo de confraternização e fair play ao longo da realização da Copa Nápoles de Karate. O evento, realizado no ginásio poliesportivo do América F.C., localizado no bairro da Tijuca, contou com a presença de quase quinhentos atletas dos estados do Espírito Santo, São Paulo e Rio de Janeiro.

A Associação Leão Karate Kyokai (LKK), sob o comando da Profª Fernanda Leão, organizou esta que foi uma das maiores e melhores competições da modalidade ao longo do corrente ano no Rio de Janeiro. A realização ficou por conta do patrocínio master da Nápoles, tradicional empresa do ramo de alimentos.
Douglas Vidmontiene e sua esposa Fernanda Leão, idealizadora do evento e "Primeira Dama do karate"

Dentre tantos outros méritos, a Cerimônia de Abertura reuniu diversas lideranças do karate-do estadual e nacional. Estiveram presentes presidentes e/ou representantes da IKGA Brasil, SKIF Brasil, Confederação Brasileira de Karate (CBK) e da Federação de Karate do Estado do Rio de Janeiro (FKERJ), que é a entidade oficial de administração desta arte marcial no estado, vide seu reconhecimento pelo MEC, COB e COI.
Mesa de Honra com os ilustres convidados
A Associação Maricaense de Karate (AMK) manteve a tradição de bem representar o município de Maricá/RJ e enviou o Técnico José Roberto Braga, e os atletas Eric Henrique Braga e Larissa Barbosa Braga, a quem coube a honra de conclamar todos os atletas presentes para prestarem o Juramento do Atleta.

Grata surpresa foi a presença da karateka Maria Cecília de Almeida Maia, a Ciça, Campeã Mundial de Karate em 1998 e maior ícone feminino da história do karate brasileiro, que em meio aos novatos, encontrou tempo para os inúmeros fãs.Acompanhado de sua equipe, o Técnico da Seleção Fluminense de Karate, Profº Jaime Sobrinho, também marcou presença na Copa Nápoles. "Mordido" com o fraco desempenho do karate fluminense ao longo do circuito nacional em 2010, junto a comissão técnica da FKERJ, ele elabora e planeja novas estratégias para que a Seleção Fluminense retome seu prestígio.
Profº Jaime Sobrinho com os maricaenses Larissa e Eric

Na competição da modalidade kata (luta imaginária com formas pré determinadas), Eric Henrique Braga iniciou a sua campanha com o kata Enpi (vôo da andorinha) e com tranqüilos 3 x 0 passou a fase seguinte.Já na semifinal, Eric executou o dificílimo kata Unsu (separando nuvens) e novamente emplacou 3 x 0, resultado que o conduziu a final da categoria Junior.Na contenda final Eric teve pela frente o atual Vice-Campeão Brasileiro Vinícius Firmino, que lhe exerceu maior pressão mas não suficiente para abalar a sua intensa preparação e suplantar o seu kata Kanku Sho (contemplar o céu - versão pequena). Com este resultado (2 x 1), Eric faturou mais uma medalha de ouro e repetiu a ótima performance do Campeonato Estadual de Karate realizado há poucas semanas.
O vencedor Eric Henrique Braga no pódio da categoria Junior vd/pt da modalidade kata
A karateka Larissa Barbosa Braga na semifinal da categoria Junior executou fortemente o kata Sochin (espírito inabalável), que sem maiores surpresas a classificou para a final. Contra uma adversária que executou o kata Gojushi Ho Sho (54 passos - versão curta) na final de sua categoria, Larissa desenvolveu com maestria o seu predileto kata Gojushi Ho Dai (54 passos - versão longa), que lhe foi suficiente para um diminuto mas favorável placar de 2 x 1. Palmas (mas não muitas) para a atual Bi Campeã Estadual da modalidade.
Larissa Barbosa Braga - Campeã Junior de kata na Copa Nápoles
Eric Henrique Braga lutou duas vezes na competição de shiai kumite (luta por pontos), ganhou a primeira meio "burocraticamente" e embora não tenha se apresentado bem, se classificou com facilidade para a final da categoria Junior. Ironicamente, na luta final contra o Campeão Sul-americano de 2008, seu arqui-rival no Rio de Janeiro, lutou bravamente e mostrou qualidade, contudo, suas exitações ainda o limitam em expor o seu melhor karate, o que lhe fez ceder 2 x 4.
Larissa Barbosa Braga se portou como um rolo compressor nas três lutas que disputou e sofreu apenas dois pontos em mais de quinze marcados. Conclusão, servindo-se de sua experiência internacional manteve a sua hegemonia na categoria Junior ao longo de todo o ano. No Brasil, em 2010, Larissa não sofreu nenhuma derrota.
Para conhecer um pouco mais sobre estes guerreiros, acesse o nosso site http://www.karateamk.com/ ou contate-nos pelo e-mail joserobertoamk@gmail.com .
Larissa Barbosa Braga e Eric Henrique Braga: que bons ventos os embalem em 2011!
APOIO
José Roberto Braga
Prof° Ed. Física, CREF 031403-G/RJ, faixa preta 3° dan e Diretor Técnico da AMK

4 comentários:

Marcel Cavalcante disse...

Parabéns pela excelente campanha dos teus filhos José Roberto.

Em 2011, se Deus quiser, conseguiremos prestigiar teu evento aí em Maricá também.

Grande Abraço, Marcel

OSS!

Luiz Kotsubo disse...

Caro José Roberto,

Em nome de todos os praticantes de Karate Goju Kai de nosso país, gostaria de parabenizar a professora Fernanda Leão e todos os seus colaboradores pelo excelente trabalho desenvolvido para a realização da 1ª Copa Nápoles de Karate.

Douglas Vidmontiene disse...

Show de bola Zé!!!!!

Carlos Henrique Quadros disse...

Compartilho com você a alegria de ver os nossos filhos vencerem...

Parabéns a todos!

Abraços e beijos nos meninos...