Seguidores

*** NIJU KUN: 1- Não se esqueça que o Karate deve iniciar com saudação e terminar com saudação; 2- No Karate não existe atitude ofensiva; 3- O Karate é um assistente da justiça; 4- Conheça a si próprio antes de julgar os outros; 5- O espírito é mais importante do que a técnica; 6- Evitar o descontrole do equilíbrio mental; 7- Os infortúnios são causados pela negligência; 8- O Karate não se limita apenas à academia; 9- O aprendizado do Karate deve ser perseguido durante toda a vida; 10- O Karate dará frutos quando associado à vida cotidiana; 11- O Karate é como água quente. Se não receber calor constantemente torna-se água fria; 12- Não pense em vencer, pense em não ser vencido; 13- Mude de atitude conforme o adversário; 14- A luta depende do manejo dos pontos fracos (KYO) e fortes (JITSU); 15- Imagine que os membros de seus adversários são como espadas; 16- Para cada homem que sai do seu portão, existem milhões de adversários; 17- No início seus movimentos são artificiais, mas com a evolução tornam-se naturais; 18- A prática de fundamentos deve ser correta, porém na aplicação torna-se diferente; 19- Não se esqueça de aplicar corretamente: alta e baixa intensidade de força, expansão e contração corporal, técnicas lentas e rápidas; 20- Estudar, praticar e aperfeiçoar-se sempre."

DVDs de Karate-Do

VENDA DE DVDs CE Studio Pilates Kimonos Opção - A Marca dos Campeões

O Melhor da Net

Nihon Karate Kyokai Mão de Ferro Escola de Karate-Do do Brasil Karate Santamariense Mosteiro Zen Morro da Vargem Jutsko - Gustaaf Lefevre Junior Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem

Visualizações

Visitantes

Translate

I COPA BIO POWER DE KARATE-DO - A Celebração!

Neste sábado, 08/05, foi realizado no CEFAN, Rio de Janeiro, uma verdadeira celebração do karate. Trata-se da I Copa Bio Power de Karate-Do que, a exemplo do Circuito Carioca e da Copa Leão, definitivamente entrou para o rol dos grandes eventos interestaduais da modalidade ao trazer para o Rio de Janeiro estrelas do quilate de Valéria Kumizaki, Campeã Mundial Sub 21 - Chipre/2005 e Vice-Campeã dos Jogos Pan-americanos - Rio 2007. Atenderam ao chamado do competente, agregador e familiar Profº Genival Ferreira, Técnico da Seleção Estadual de Karate, 26 clubes oriundos do Estado do Rio de Janeiro e de São Paulo, os quais trouxeram 350 atletas que abrilhantaram o evento nas modalidades de kata (luta imaginária com formas pré determinadas) e shiai kumite (luta por pontos) em categorias de 4 a 60 anos de idade, o que proporcionou uma grande confraternização de gerações. Também estiveram presentes ao evento o Presidente da Federação de Karate do Estado do Rio de Janeiro (FKERJ), Renshi Fernando Gomes da Silva, o também Técnico da Seleção Estadual de Kata, Profº Moacir Varella, o campeoníssimo Técnico da Seleção Estadual de Shiai Kumite, Profº Jaime Sobrinho, além de diversas autoridades da Marinha do Brasil. Cabe ressaltar que a FKERJ é a entidade máxima de administração desta arte marcial no Estado do Rio de Janeiro, vide seu exclusivo reconhecimento pelo MEC, COB e COI via filiação a Confederação Brasileira de Karate (CBK).
Para representar Maricá/RJ, a Associação Maricaense de Karate (AMK), genuína escola desta arte marcial na cidade, enviou os karate-ka Eric Henrique Braga, Campeão Pan-americano - Chile/2008 e Campeão Sul-americano - Argentina/2008, Larissa Barbosa Braga, Campeã Pan-americana - Chile/2008 e Vice-Campeã Pan-americana - El Salvador/2009, além do técnico José Roberto Braga.Dadas as diversas inovações tecnológicas, a I Copa Bio Power de Karate-Do pôde ser rotulada como "A Copa Tecnológica". Além da publicação de resultados e transmissões de vídeo em tempo real, pela primeira vez foi apresentado ao público karate-ka o Placar para Shiai Kumite. Esta tecnologia foi desenvolvida pelo paulista Carlos Henrique Quadros, grande colaborador do esporte na área de programação, em parceria com o Profº José Roberto Braga. Estes placares informatizados para telas de LCD só tinham sido vistos no Rio de Janeiro durante os Jogos Pan-americanos - Rio 2007, evento para o qual foram exclusivamente importados para aluguel temporário. Agora, a tecnologia está permanentemente a serviço do karate nacional e certamente será utilizada na 4ª Copa Maricá de Karate.
Na modalidade kata Eric Henrique Braga iniciou sua participação com o kata Kanku Sho e avançou as quartas-de-finais com um convincente 3 x 0. Após realizar o kata Enpi, aguardou a decisão dos juízes e saiu da contenda ao ser derrotado por 1 x 2 por um adversário do clube anfitrião.
Larissa durante transição de bases no kata Gojushi Ho Dai
Motivada pela aproximação do Campeonato Brasileiro de sua classe, mesmo não tendo treinado especificamente para essa modalidade nos últimos meses segundo sua criteriosa periodização, Larissa Barbosa Braga também competiu em kata.
Após vencer uma adversária paulista por 3 x 0 Larissa se classificou para a final, na qual optou por estreiar em competições o kata Sochin. Embora realizado com alguma desenvoltura, estrategicamente pecou ao escolher esse kata, haja vista seu menor grau de dificuldade se comparado ao executado pela adversária também paulista, que logrou êxito sobre nossa protagonista com o kata Gankaku.
Pódio da Classe Junior de Kata Feminino para faixas verde a preta

Na disputa de shiai kumite, a exemplo de anos anteriores, Larissa tornou a perder enquanto pôde. Na final de sua categoria, enfrentou a forte adversária da final do Brasileiro/2008 e travou um duelo parelho até a metade da contenda. A partir daí cometeu faltas e erros táticos que lhe impuseram o adverso escore de 2 x 6.
Larissa (esq.) e ao centro a vencedora da vez Lídia Sato

Em sua 100ª participação em competições de karate e livre da pressão do Brasileiro realizado em Maceió/AL no mês passado, com desempenho quase satisfatório Eric avançou visceralmente sobre seus quatro adversários e alcançou o 1º lugar na classe cadete - 55 Kg.
  • 1ª luta - 9 x 1;
  • 2ª luta - 8 x 0;
  • 3ª luta - 11 x 1;
  • 4ª luta - 9 x 4.
Eric ainda alimenta esperanças que a CBK realize Seletiva Nacional para a formação da Seleção Brasileira que disputará o 21º Campeonato Pan-americano Junior de Karate que será realizado no final de agosto próximo em Montreal, Canadá.
Eric (centro) e seus longilíneos oponentes
Próximos desafios:
A AMK desenvolve voluntariamente no Colégio Estadual Domício da Gama o projeto Vencer a si próprio. Este projeto de iniciação esportiva tem por objetivos alavancar a capacidade de aprendizagem dos alunos da escola através da prática não só esportiva, mas também cultural, educacional e motivacional, além de promover a socialização dos escolares tendo como principal incremento a prática desta arte marcial que se fundamenta na educação da vontade e em apurado treinamento físico e mental.

Para conhecer mais sobre estes guerreiros e o projeto Vencer a si próprio, acesse nosso site
http://www.karateamk.com/ ou contate-nos pelo e-mail joserobertoamk@gmail.com .

José Roberto Braga
Prof° Ed. Física, CREF 031403-G/RJ, faixa preta 3° dan e Diretor Técnico da AMK

Nenhum comentário: