Seguidores

*** NIJU KUN: 1- Não se esqueça que o Karate deve iniciar com saudação e terminar com saudação; 2- No Karate não existe atitude ofensiva; 3- O Karate é um assistente da justiça; 4- Conheça a si próprio antes de julgar os outros; 5- O espírito é mais importante do que a técnica; 6- Evitar o descontrole do equilíbrio mental; 7- Os infortúnios são causados pela negligência; 8- O Karate não se limita apenas à academia; 9- O aprendizado do Karate deve ser perseguido durante toda a vida; 10- O Karate dará frutos quando associado à vida cotidiana; 11- O Karate é como água quente. Se não receber calor constantemente torna-se água fria; 12- Não pense em vencer, pense em não ser vencido; 13- Mude de atitude conforme o adversário; 14- A luta depende do manejo dos pontos fracos (KYO) e fortes (JITSU); 15- Imagine que os membros de seus adversários são como espadas; 16- Para cada homem que sai do seu portão, existem milhões de adversários; 17- No início seus movimentos são artificiais, mas com a evolução tornam-se naturais; 18- A prática de fundamentos deve ser correta, porém na aplicação torna-se diferente; 19- Não se esqueça de aplicar corretamente: alta e baixa intensidade de força, expansão e contração corporal, técnicas lentas e rápidas; 20- Estudar, praticar e aperfeiçoar-se sempre."

DVDs de Karate-Do

VENDA DE DVDs CE Studio Pilates Kimonos Opção - A Marca dos Campeões

O Melhor da Net

Nihon Karate Kyokai Mão de Ferro Escola de Karate-Do do Brasil Karate Santamariense Mosteiro Zen Morro da Vargem Jutsko - Gustaaf Lefevre Junior Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem

Visualizações

Visitantes

Translate

12º CAMPEONATO BRASILEIRO MIRIM, INFANTIL E CADETE

A Confederação Brasileira de Karate (CBK) realizou durante os dias 16, 17 e 18 de abril, no Ginásio Poliesportivo do SESI em Maceió, Alagoas, o 12º Campeonato Brasileiro de Karate Oficial para as classes Mirim, Infantil e Cadete nas modalidades de kata (luta imaginária com formas pré determinadas) e shiai kumite (luta por pontos). Coube a Federação Alagoana de Karate (FAK) a organização do evento, que desde a Cerimônia de Abertura contou com a presença de diversas autoridades, entre elas o Presidente da FAK, Jadgilson de Oliveira, o Presidente da Federação de Karate do Estado do Rio de Janeiro (FKERJ), Fernando Gomes da Silva, o Presidente da CBK, Edgar Ferraz, além do prefeito de Maceió Cícero Almeida e do Secretário de Esportes. Cabe ressaltar que a CBK é a entidade máxima de administração desta arte marcial no país, vide seu exclusivo reconhecimento pelo MEC, COB e COI.
Os objetos de desejo das Seleções Estaduais
O evento reuniu 776 atletas dos estados de Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins, o que demonstra a crescente massificação do karate por todo o Brasil. Também houve farta cobertura pela mídia televisiva e escrita. Pela internet, todo o campeonato foi transmitido em tempo real pelo populíssimo site KdM, líder absoluto na área de artes marciais.
O Estado do Rio de Janeiro, representado pela FKERJ, enviou uma reduzida Seleção Estadual de sessenta e oito bravos atletas em virtude dos parcos recursos financeiros captados em função das fortes chuvas que assolaram diversas cidades, entretanto, a qualidade do karate do estado Enea Campeão Brasileiro se impôs no último dia de competições, o que alavancou o Rio de Janeiro para a conquista do Vice-Campeonato Brasileiro. São Paulo, com seus cento e dezesseis atletas, após seis anos de espera, faturou o título. Veja o Resultado Geral. A Comissão Técnica Fluminense foi composta por:
  • Fernando Gomes da Silva - Chefe da Delegação;
  • Jaime Pinto - Técnico de Shiai Kumite;
  • Ulisses Sampaio - Técnico de Shiai Kumite;
  • Genival Ferreira - Técnico de Kata;
  • José Danton Dutrá - Técnico de Kata;
  • José Roberto Braga - Técnico de Shiai Kumite e Delegado.

A Associação Maricaense de Karate (AMK), tradicional escola de karate da cidade de Maricá/RJ, contribuiu com a Seleção Estadual ao enviar os karate-ka Eric Henrique Braga, Campeão Pan-americano em 2008, e José Roberto Braga, que na ocasião do evento renovou sua credencial como Técnico nível "A" no curso promovido pelo Diretor Técnico da CBK, Wladimir Romic Sensei.
O Palco
É justo ressaltar que a presença do atleta maricaense Eric Henrique Braga só foi confirmada no Campeonato Brasileiro graças ao apoio da Prefeitura Municipal de Maricá na pessoa de seu Prefeito Washington Siqueira, que em meio as sequelas das fortes chuvas que inundaram diversos locais do município, ainda encontra tempo para se empenhar em viabilizar meios para invariavelmente alavancar o esporte amador da cidade, que mais do que nunca necessita de auto-estima.
Eric Henrique Braga perfilado junto a Seleção Fluminense

Na sexta-feira, 16/04, Eric Henrique Braga procurou se aclimatar e concentrar para o grande desafio que teria pela frente: classificar-se como finalista e ser convocado para a Seleção Brasileira que disputará o Campeonato Sul-americano 2010. No dia seguinte ele desfilou na Cerimônia de Abertura e permaneceu nas arquibancadas para torcer por seus companheiros de seleção. Contando com a forte e minuciosa preparação física a que foi submetido pela Academia Equipe Forma nos últimos seis meses exclusivamente para esta competição, Eric Henrique Braga permaneceu confiante.
Eric bem acompanhado por Nathália Marialva e pela radiante Ana Carolina Varella, que se sagrou Tetra Campeã Brasileira

Como adversários, Eric tinha pela frente atletas do Amazonas, Sergipe e São Paulo respectivamente. No confronto da primeira rodada venceu "burocraticamente" sem maiores dificuldades por 3 x 1. Nas oitavas-de-final encarou com mais objetividade e fechou a disputa em 9 x 1 antes do tempo regulamentar, embora ainda não tenha agradado do ponto de vista tático. Seu confronto derradeiro seria o seguinte, já nas quartas-de-final, fase na qual sabia que provavelmente estaria a sua espera um atleta paulista experiente e catimbeiro, ex-atleta da Seleção Brasileira de 2008 inclusive. Como costuma fazer, Eric se agiganta nos grandes embates e saiu na frente logo no início. A luta seguiu disputada e Eric impôs nova vantagem ao marcar 2 x 1, mas não o suficiente para vencer pois cederia o empate, o que provocou o sai shiai (luta desempate), no qual saiu vencido por 1 x 2 mas de cabeça erguida. Eric Henrique Braga se classifica para Campeonatos Brasileiros desde 2005 e trouxe medalhas para Maricá em todos, inclusive tendo se sagrado Bi Campeão Brasileiro ao vencer em 2007 e 2008, ano em que também faturou o Campeonato Sul-americano na Argentina e o Campeonato Pan-americano no Chile. Numa chave com trinta e sete oponentes, Eric terminou sua participação em 7º lugar. Entre outros atletas que ajudou a medalhar, para o técnico José Roberto Braga mereceu destaque o desempenho do atleta Filipe Cordeiro, tido como o melhor aluno do também técnico Jaime Pinto. Ao longo de cinco lutas houve comprometimento, obediência tática e muito foco para a conquista da suada quinta medalha de ouro do Rio de Janeiro. Parabéns ao Filipe, que além de conquistar o Tri Campeonato Brasileiro se classificou para a Seleção Brasileira. Parabéns também para Jaime Pinto Sensei por evoluir o karate-do deste e de outros tantos karate-ka, e obrigado por confiar a outro técnico a responsabilidade de conduzir seu aluno ao lugar mais alto do pódio.

No retorno para casa Eric Henrique Braga visitou o Tori (portal) do Mosteiro Zen Budista da Vargem Grande, que fica as margens da BR 101 no Espírito Santo. Como a CBK, por decisão soberana, não deverá realizar Seletiva Nacional para formar a Seleção Brasileira que irá ao Pan-americano do Canadá, esta será uma oportunidade para que Eric evolua seu karate-do ao se reerguer para além das competições esportivas e cultivá-lo principalmente como um Budo (arte marcial), pois no final das contas é a integração mente-corpo-espírito que ficam para sempre.

Quando alguém pergunta: "Qual o caminho?"
O Zen simplesmente responde: "Caminhe".
Como sua irmã Larissa Barbosa Braga costuma "comprar suas brigas", podemos esperar redenção vindo por aí...

Próximos desafios:
A AMK desenvolve voluntariamente no Colégio Estadual Domício da Gama o projeto Vencer a si próprio. Este projeto de iniciação esportiva tem por objetivos alavancar a capacidade de aprendizagem dos alunos da escola através da prática não só esportiva, mas também cultural, educacional e motivacional, além de promover a socialização dos escolares tendo como principal incremento a prática desta arte marcial que se fundamenta na educação da vontade e em apurado treinamento físico e mental. .
Para conhecer mais sobre estes guerreiros e o projeto Vencer a si próprio, acesse nosso site http://www.karateamk.com/ ou contate-nos pelo e-mail joserobertoamk@gmail.com .
.
APOIO

José Roberto Braga
Prof° Ed. Física, CREF 031403-G/RJ, faixa preta 3° dan e Diretor Técnico da AMK

7 comentários:

Sidrack Filho disse...

Parabéns, bom trabalho.
_______________
SIDRACK FILHO
__Foto & Arte__
________________

Sérgio Ribeiro disse...

Zé fiquei muito feliz e contente com você e seu filho, que só nos trazem alegria pelo trabalho que realiza: preserverança. É muito louvável formar, disciplinar esta turma que serão os futuros homens desta nação!

ZÉ VALEU! Continue fazendo este excelente trabalho que é exemplo para todos! Sinto imenso prazer e alegria! Você merece todos os LOUROS!

Um grande abraço a você e seu filho.

Do seu amigo e irmão SÉRGIO RIBEIRO!

Igor Caffarena disse...

Parabéns pelo guri, menino bom hein?!

Gde abc

Carlos Henrique Quadros disse...

É isso aí!

Caminhe... para o primeiro Posto.

Parabéns Eric!

Meu xará é o cara!

Clemente Santiago disse...

E aí meu amigo, parabéns pelo excelente desempenho na nova função rsrsrrs!

Valeu, um grande abraço!

Oss!!!

Fernando Ribeiro disse...

Parabéns meu amigo pelo resultado!

Sensei Valmir Zuza disse...

Parabéns aos técnicos e atletas do Rio de janeiro que mais uma vez tiveram uma excelente participação no brasileiro boys.
São pessoas como estas que farão o Brasil ser referência em qualidade técnica e garra.

Valmir Zuza
Diretor tec. FPK.