Seguidores

*** NIJU KUN: 1- Não se esqueça que o Karate deve iniciar com saudação e terminar com saudação; 2- No Karate não existe atitude ofensiva; 3- O Karate é um assistente da justiça; 4- Conheça a si próprio antes de julgar os outros; 5- O espírito é mais importante do que a técnica; 6- Evitar o descontrole do equilíbrio mental; 7- Os infortúnios são causados pela negligência; 8- O Karate não se limita apenas à academia; 9- O aprendizado do Karate deve ser perseguido durante toda a vida; 10- O Karate dará frutos quando associado à vida cotidiana; 11- O Karate é como água quente. Se não receber calor constantemente torna-se água fria; 12- Não pense em vencer, pense em não ser vencido; 13- Mude de atitude conforme o adversário; 14- A luta depende do manejo dos pontos fracos (KYO) e fortes (JITSU); 15- Imagine que os membros de seus adversários são como espadas; 16- Para cada homem que sai do seu portão, existem milhões de adversários; 17- No início seus movimentos são artificiais, mas com a evolução tornam-se naturais; 18- A prática de fundamentos deve ser correta, porém na aplicação torna-se diferente; 19- Não se esqueça de aplicar corretamente: alta e baixa intensidade de força, expansão e contração corporal, técnicas lentas e rápidas; 20- Estudar, praticar e aperfeiçoar-se sempre."

DVDs de Karate-Do

VENDA DE DVDs

O Melhor da Net

Nihon Karate Kyokai Mão de Ferro Escola de Karate-Do do Brasil Karate Santamariense Mosteiro Zen Morro da Vargem Jutsko - Gustaaf Lefevre Junior Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem

Visualizações

Visitantes

Translate

RIO DE JANEIRO CONQUISTA O BI CAMPEONATO BRASILEIRO DE KATA


Realizou-se em Uberlândia-MG, nos dias 8 e 9/12/06, o Campeonato Brasileiro de Kata, organizado pela Federação Mineira e pela Confederação Brasileira de Karate, instituição máxima de administração do Karate oficial(MEC, COB e COI) no Brasil. Foi um evento de altíssimo nível, visto que contou com a presença de campeões dos Jogos Sul Americanos, Pan Americanos e medalhista mundial. A organização foi impecável, congratulações aos realizadores.

O Rio de Janeiro esteve em dificuldades no quadro de medalhas durante as apresentações individuais, mas nas disputas por equipes, a abnegação dos atletas e, principalmente, o talento e criatividade do técnico da seleção estadual e brasileira, para a nossa sorte, Sensei Genival Ferreira, 4° dan, fizeram a diferença. As apresentações de bunkai (aplicação das técnicas do kata) das equipes do Rio, foram um show a parte, com isso, nosso estado pulou à liderança da competição, conquistando assim o inédito bi campeonato brasileiro. Minas terminou em 2° e São Paulo em 3°.

Resultado geral.

Os maricaenses Larissa Barbosa Braga e Eric Henrique Braga, integrantes da seleção infantil, ficaram em 4° e 7° lugares, respectivamente. Após 4 anos competindo, pela 1ª vez nossos atletas voltaram sem medalhas... Sinal de decadência? Não, muito pelo contrário. Embora sejam resultados abstratos, são muito promissores, haja vista que estiveram em solo que Maricá, através de seus karate-kas, nunca pisara antes.

Apesar da árdua preparação, as dificuldades para a aquisição de apoio foram enormes. A Secretaria de Educação e Esportes de nossa prefeitura não se sensibilizou com esta causa, e foi necessária a “compra da briga” pelo vereador Henrique Cardoso, o qual sensibilizou o Presidente da Câmara Municipal, que não mediu esforços para enviar nossos atletas a este grande desafio. Aproveitamos a oportunidade para agradecer também, aos vereadores Zanuto, Pedro Gomes, Henrique Cardoso e, principalmente, Paulo Maurício, que embora legisladores, fizeram acontecer. Domo arigato!

Prof.° José Roberto Braga.
(3° dan, diretor técnico da AMK e graduando em Ed. Física)

Nenhum comentário: