Seguidores

*** NIJU KUN: 1- Não se esqueça que o Karate deve iniciar com saudação e terminar com saudação; 2- No Karate não existe atitude ofensiva; 3- O Karate é um assistente da justiça; 4- Conheça a si próprio antes de julgar os outros; 5- O espírito é mais importante do que a técnica; 6- Evitar o descontrole do equilíbrio mental; 7- Os infortúnios são causados pela negligência; 8- O Karate não se limita apenas à academia; 9- O aprendizado do Karate deve ser perseguido durante toda a vida; 10- O Karate dará frutos quando associado à vida cotidiana; 11- O Karate é como água quente. Se não receber calor constantemente torna-se água fria; 12- Não pense em vencer, pense em não ser vencido; 13- Mude de atitude conforme o adversário; 14- A luta depende do manejo dos pontos fracos (KYO) e fortes (JITSU); 15- Imagine que os membros de seus adversários são como espadas; 16- Para cada homem que sai do seu portão, existem milhões de adversários; 17- No início seus movimentos são artificiais, mas com a evolução tornam-se naturais; 18- A prática de fundamentos deve ser correta, porém na aplicação torna-se diferente; 19- Não se esqueça de aplicar corretamente: alta e baixa intensidade de força, expansão e contração corporal, técnicas lentas e rápidas; 20- Estudar, praticar e aperfeiçoar-se sempre."

DVDs de Karate-Do

VENDA DE DVDs

O Melhor da Net

Nihon Karate Kyokai Mão de Ferro Escola de Karate-Do do Brasil Karate Santamariense Mosteiro Zen Morro da Vargem Jutsko - Gustaaf Lefevre Junior Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem

Visualizações

Visitantes

Translate

24º CAMPEONATO PAN-AMERICANO JUNIOR DE KARATE

Durante os dias 26 a 31 de agosto, Medelín, Colômbia, sediou o 24º Campeonato Pan-Americano Junior de Karate-Do. Em virtude do Campeonato Mundial Junior ocorrer a cada dois anos, o Pan-Americano também foi seletiva para a competição mais importante da temporada para as categorias de base da Seleção Brasileira Junior, que é formada pela Confederação Brasileira de Karate (CBK), entidade vinculada ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB).
Complexo de Esportes Atanasio Girardot, Medelín, Colômbia

O Campeonato continental foi realizado pela Federação Pan-Americana de Karate (PKF), entidade filiada a Federação Mundial de Karate (WKF), gestora e regulamentadora da modalidade, mundialmente reconhecida pelo Comitê Olímpico Internacional (COI). O certame foi realizado no Coliseu de Combate do Complexo de Esportes Atanasio Girardot, que recebeu todas as delegações dos países participantes.
O Coliseu de Combate foi o palco da batalha Pan-Americana

Em meio a técnicos, árbitros e dirigentes, mais de seiscentos atletas das seleções nacionais de vinte países das três porções das Américas participaram desta competição de altíssimo nível técnico. Em seus primeiros dias de programação, o Campeonato foi precedido por treinos e cursos para técnicos e árbitros do karate-do americano.
Delegações dos países participantes perante os árbitros e autoridades

O Campeonato Pan-Americano se deu por meio de disputas individuais e por equipes nas modalidades de kata (luta imaginária com formas pré determinadas) e shiai kumite (luta por pontos) para as classes Infantil (12/13 anos), Cadete (14/15 anos), Junior (16/17 anos) e Sub 21 (18/20 anos), conforme programação divulgada pela Federação Colombiana de Karate (FCK), organizadora do evento.
Sr. Márcio Vignoli (centro) e sua equipe são os "Anjos da Guarda" da AMK

A AMK, tradicional e mais antiga escola de karate-do do município de Maricá, RJ, com os apoios da AMK EventosConeSul Plus, Academia Equipe Forma e Universidade Veiga de Almeida (UVA - Tijuca), enviou os atletas maricaenses Eric Henrique Braga (18), Tri Campeão Brasileiro (2007, 2008, 2011)Campeão Sul-Americano (Argentina/2008) e Pan-Americano (Chile/2008), bolsista no curso de Engenharia de Produção da UVA - Tijuca, e sua irmã Larissa Barbosa Braga (20), Deca Campeã Brasileira consecutiva (2006 a 2013), Campeã Pan-Americana (Chile/2008), Vice-Campeã Pan-Americana (El Salvador/2009) e Vice-Campeã Sul-Americana (Colômbia/2009), também estudante bolsista do curso de Administração na UVA - Tijuca
Após vencer o adversário peruano por 4 x 3, Eric Henrique Braga (dir.) enfrentou o atleta dos EUA

Integrantes da Seleção Brasileira de Karate há seis anos, posição conquistada sempre por rigorosos processos seletivos, conforme é praxe na CBK, novamente Eric Henrique Braga e Larissa Barbosa Braga tiveram a honra de representar não tão somente o dojo AMK, Maricá e o Rio de Janeiro, mas também com o atributo do mérito de defender a bandeira brasileira neste desafio continental
Eric Henrique Braga (dir.) x EUA

Em solo colombiano, nossos karateka se uniram aos demais atletas da Seleção Brasileira e Comissão Técnica, que após alguns treinos conjuntos, arduamente lutaram para conduzir o karate-do brasileiro a um "lugar ao sol".
Na repescagem, Eric Henrique Braga (dir.) x México

Embora sejam os atletas mais antigos em atividade nas categorias de base da Seleção Brasileira, Eric Henrique Braga e sua irmã Larissa Barbosa Braga não participaram da Cerimônia de Abertura do evento com o propósito de se pouparem para as suas contendas no dia seguinte. A exemplo do ano anterior, a organização do evento optou por realizar o desfile das delegações com apenas poucos atletas por país.
Larissa Barbosa Braga (1) x Venezuela (0)

A participação dos atletas Eric Henrique Braga (7º lugar) Larissa Barbosa Braga (5º lugar individual e 3º lugar por equipes) deixou a desejar quanto a conquista de medalhas, entretanto, ficam as inestimáveis lições a experiência adquirida em suas categorias e a classificação de Larissa Barbosa Braga para disputar o 8º Campeonato Mundial Junior em Guadalajara, Espanha, em novembro próximo
Canadá (0) x Larissa Barbosa Braga (5)

O mediano desempenho do karate brasileiro perante o alto nível dos adversários pulverizados em potências do karate-do Pan-Americano como Venezuela, México, Peru e Estados Unidos, impõem aos atletas brasileiros que agreguem intercâmbio internacional em suas preparações para que o mesmo não seja feito exclusivamente na competição-alvo.
Larissa Barbosa Braga foi orientada pelo técnico paulista Ricardo Aguiar


Após vencer dois combates contra atletas da Venezuela e Canadá, Larissa Barbosa Braga enfrentou na semifinal uma atleta dos EUA. Em virtude do empate em 0 x 0 ao término do tempo regulamentar, os árbitros votaram (hantei) em maioria (1 x 4) na atleta norte-americana, a qual avançou a final Sub 21 e conquistou o título.
Larissa Barbosa Braga (2) foi vencida pela Colômbia (3) na disputa pelo bronze individual

Conduzida a repescagem, Larissa Barbosa Braga lutou contra uma atleta colombiana com bravura pela medalha de bronze, mas após novo empate em 0 x 0, novamente foi vencida no hantei por 2 x 3.
Larissa Barbosa Braga e o ex-atleta e ex-técnico da Seleção Brasileira Senior de Karate, e agora fotógrafo da CBK, Geraldo de Paula Sensei
    Segundo palavras do budo-ka Carlos Roberto Garitta, ex-técnico da Seleção Brasileira Junior:

    "O otimismo é a fé que leva a realização.
    Nada pode ser feito sem esperança ou confiança.
    Autoconfiança é o primeiro segredo para atingir o sucesso.
    Quem deseja fazer algo, encontra um meio.

    Quem não deseja fazer nada encontra uma desculpa.
    A vitória é sempre possível para aquele que se recusa a parar de lutar.
    Mantenha a autoconfiança, não tema seus objetivos, desafie seus medos.
    Lembre-se que tudo só acaba quando realmente termina, não se sinta derrotado antes de mostrar que pode doar tudo de si.

    Seja sempre o melhor em tudo que fizer, ataque com confiança e rapidez.A adversidade é a guardiã da nossa sobrevivência, nada acontece por acaso: Esforço, Determinação, Disciplina, Motivação, Coragem e Competência, enfim, Campeão!"
    Larissa Barbosa Braga comemora a vitória de Luana Bueno que deu o bronze por Equipes ao Brasil
    Técnico Ricardo Aguiar e a Equipe Sub 21 de Kumite
    Larissa Barbosa Braga (dir.) no pódio Sub 21 de kumite por equipes

    Repercussão positiva:

    Para conhecer todos os resultados do 24º Campeonato Pan-Americano de Karate, clique aqui.
    Técnica Simone Yonamine, presidente da CBK, Profº Luiz Carlos Cardoso e os atletas da Seleção Brasileira medalhistas no Pan Junior 2013 

    Próximos desafios da temporada:
    Outubro
    Novembro
    Para conhecer mais sobre estes guerreiros, acesse nosso site www.karateamk.com ou entre em contato pelo e-mail joserobertoamk@gmail.com .
    APOIO
    José Roberto Braga
    Prof° Ed. Física CREF 031403-G/RJ, faixa preta 3° dan, Reg. CBK 3.079Reg. FKERJ P 0795

    Nenhum comentário: