*** NIJU KUN: 1- Não se esqueça que o Karate deve iniciar com saudação e terminar com saudação; 2- No Karate não existe atitude ofensiva; 3- O Karate é um assistente da justiça; 4- Conheça a si próprio antes de julgar os outros; 5- O espírito é mais importante do que a técnica; 6- Evitar o descontrole do equilíbrio mental; 7- Os infortúnios são causados pela negligência; 8- O Karate não se limita apenas à academia; 9- O aprendizado do Karate deve ser perseguido durante toda a vida; 10- O Karate dará frutos quando associado à vida cotidiana; 11- O Karate é como água quente. Se não receber calor constantemente torna-se água fria; 12- Não pense em vencer, pense em não ser vencido; 13- Mude de atitude conforme o adversário; 14- A luta depende do manejo dos pontos fracos (KYO) e fortes (JITSU); 15- Imagine que os membros de seus adversários são como espadas; 16- Para cada homem que sai do seu portão, existem milhões de adversários; 17- No início seus movimentos são artificiais, mas com a evolução tornam-se naturais; 18- A prática de fundamentos deve ser correta, porém na aplicação torna-se diferente; 19- Não se esqueça de aplicar corretamente: alta e baixa intensidade de força, expansão e contração corporal, técnicas lentas e rápidas; 20- Estudar, praticar e aperfeiçoar-se sempre."

Seguidores

Bolsa Atleta Federal

DVDs de Karate-Do

VENDA DE DVDs CE Studio Pilates Kimonos Opção - A Marca dos Campeões

O Melhor da Net

Nihon Karate Kyokai Mão de Ferro Escola de Karate-Do do Brasil Karate Santamariense Mosteiro Zen Morro da Vargem Jutsko - Gustaaf Lefevre Junior Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem Comitê Brasileiro de Clubes

Visualizações

Visitantes

Translate

9ª COPA MARICÁ DE KARATE - 3ª Etapa do Campeonato Estadual


Ao longo deste domingo (25/ago), a Federação de Karate do Estado do Rio de Janeiro (FKERJ) e a Confederação Brasileira de Karate (CBK), entidade oficial de administração nacional desta arte marcialdevidamente reconhecida pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC), e filiada aos Comitês Olímpicos do Brasil (COB) e Internacional (COI), realizaram a 9ª Copa Maricá de Karate - 3ª Etapa do Campeonato Estadual Edição 2019.
Professores, atletas e árbitros perfilados na Cerimônia de Abertura

Realizada anualmente sempre no mês de agosto desde 2007, após uma pausa de cinco anos desde a sua última ediçãoa organização do evento, considerado o maior e melhor da Região, ficou a cargo a Associação Maricaense de Karate-Do (AMK), tradicional escola desta arte marcial na Região dos Lagos do estado do Rio de Janeiro. Cabe ressaltar que a Secretaria de Esporte e Lazer de Maricá (SMEL) apoiou o evento com a cessão do local da competição e boa parte da estrutura necessária.
Autoridades do Karate Fluminense e Brasileiro na Mesa de Honra do Evento

A Cerimônia de Abertura do evento foi marcada pela congregação de dirigentes nacionais e de lideranças estaduais da modalidade como Fernando Gomes e Geraldo Ferreira, ambos faixas preta 7º dan, Edson Madeira, Mário Sérgio e Tetsuo Mizuno, todos faixas preta 6º dan, Hermes Queiroz, vice-presidente da CBK faixa preta 4º dan, Fernanda Alves Leão, Mestre de Cerimônia faixa preta 5º danJorge Malkomes Muniz, administrador da FKERJ, bem como pelo pronunciamento do presidente da CBK, Prof. Luiz Carlos Cardoso do Nascimento, que enalteceu a presença do numeroso público presente nas arquibancadas e delegações, assim como o período de excelência do karate brasileiro, além da mensagem de boas-vindas do anfitrião, Prof. Henrique Paixão, presidente da AMK, que conclamou a união de todos em prol do karate-do do estado do Rio de Janeiro.
Lideranças Nacionais e Fluminenses da Modalidade

Desta vez, vieram a Maricá, município considerado portal da turística Região dos Lagos do estado do Rio de Janeiro, quase duzentos atletas filiados a vinte e dois clubes oriundos das cidades fluminenses de Araruama, Belford Roxo, Campos, Duque de Caxias, Macaé, Maricá, Niterói, Nova Iguaçu, Rio das Ostras, Rio de Janeiro, São Gonçalo e Saquarema, os quais abrilhantaram o evento em meio a um numeroso público espectador que lotaram as arquibancadas da Arena Flamengo. 
Ao centro, Henrique Paixão, nomeado Assessor CBK no Rio de Janeiro

As chaves de competição bem como os placares eletrônicos do evento foram gerenciadas com suporte dSistema Ronin, que mais uma vez mostrou-se confiável, preciso e funcional. Enfim, sucesso de público e crítica graças a parceria entre o Prof. José Roberto Braga e o programador Carlos Henrique Quadros. A arbitragem da competição transcorreu com bom nível técnico, sempre comandada pelo Prof. Ademir Gonçalves. 
Prof. Edson Madeira, Prof. Mário Sérgio e o Prof. Henrique Paixão em grande demonstração de união

Exultantes com a confirmação do karate nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 após o projeto do karate ser aprovado na 129ª Sessão do COI, os numerosos atletas conferiram bom nível técnico ao evento para deleite dos numerosos torcedores, familiares nas arquibancadas, bem como às autoridades presentes e imprensa local.

O Karate estará nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020

No certame, foram disputadas por atletas das classes Sub 8 (6/7 anos), Sub 10 (10/11 anos), Sub 12 (10/11 anos), Sub 14 (12/13 anos), Cadete (14/15 anos), Júnior (16/17 anos), Sub 21 (18/20 anos), Sênior (18 anos em diante) e Máster (32 anos em diante) as modalidades individuais e por equipes de kata (luta imaginária com formas pré-determinadas) e kumite (luta por pontos).
Alunos da AMK participantes do evento

Os alunos dos dojo da AMK, espalhados por todo o município de Maricá, obtiveram dignas participações com seus atletas. Apesar de ser árbitro com credencial nível "A", mais alto grau na arbitragem brasileira, o Prof. José Roberto Braga optou por ajudar sua equipe junto ao Prof. Gelson Antunes na função de técnico. 
Dobradinha AMK também na competição feminina de kata

Alunos-destaque do projeto voluntário desenvolvido pelo Prof. José Roberto Braga na Escola Municipal Prof. Alcione Soares Rangel da Silva em Bambuí, bairro rural do município de Maricá, RJ, os atletas Caciana Almeida, Davi Matos, Leonardo Jesus e Letícia Faria, todos da Escola Municipal Lucio Thomé Guerra Feteira e classificados para disputarem o Campeonato Brasileiro de Karate em Uberlândia, MG, puderam competir graças a venda de rifas nas redes sociais e junto as suas comunidades, haja vista não possuírem nenhuma espécie de apoio governamental ou privado para a aquisição de material esportivo. Até mesmo os uniformes (karate-gi) e equipamentos de proteção utilizados por estes alunos e seus colegas foram conseguidos emprestados.
Técnico José Roberto Braga (esq.) acompanha a luta de Letícia Faria

Detentora dos títulos de Campeã Brasileira 2018 nas modalidades kata e kumite na Divisão de Iniciantes (até faixas verde), Campeã Estadual 2018 em kumite e Vice-Campeã Estadual 2018 em kata já na Divisão Especial (para faixas roxa a preta), além de Campeã Sênior na Etapa Recife do Campeonato Brasileiro 2019, Kelly Fernandes apoiou seus colegas ao atuar como personal coach na área de warming up (aquecimento) e também competiu em quatro categorias, conquistando ao todo três medalhas de ouro e uma de prata.
Kelly Fernandes e o presidente da AMK, Henrique Paixão Kyoshi

Os atletas iniciantes também tiveram relevante grau de importância, exatamente pela inspiração que promovem nos mais experientes devido ao chamado "espírito de principiante". Dentre outros, veja alguns destaques:
Alexandre Brito recebeu suas premiações de 1º lugar em kata e kumite de Geraldo Ferreira Renshi
Davi Matos (1º), João Bareli (2º) e Carlos Santana (3º)
Caciana Almeida (1º) e sua irmã, Marcela Almeida (3º)
Leonardo Jesus conquistou 1º em kata e 1º lugar em kumite
Letícia Faria faturou o 2º lugar em kata e o 1º lugar em kumite
Gelson José Antunes (1º) e Telmiriam "Russo" Souza (2º) premiados pelo Sensei Henrique Paixão
Tânia Corrêa e Antônio Carlos Cardozo, Campeões dos tatames

Agora, os classificados para a Fase Final do Campeonato Brasileiro, Caciana Almeida, Kelly Fernandes, Leonardo Jesus e Tânia Correa, além de Davi Matos e Letícia Faria, continuarão suas lutas na aquisição de apoio para poderem viajar na primeira semana de outubro para disputarem o maior título do karate-do brasileiro em Uberlândia, MG. A fim de desenvolverem ainda mais seus potenciais, todos estes exemplos para a infância e juventude, necessitam também de patrocínio que lhes possibilitem melhores condições de preparação e custeio das viagens. Você pode conhecer mais sobre eles ao entrar em contato pelo Whats App (21) 99858-1194.
Repercussão:
Próximos desafios:
Setembro
  • 15 - 2º Open Brasil de Karate - Rio de Janeiro, RJ
Outubro
  • 07 a 13 - Campeonato Brasileiro de Karate - Fase Final - Uberlândia, MG
Dezembro
  • 08 - Campeonato Estadual de Karate - Fase Final - Rio de Janeiro, RJ
Ao citar o poeta Públio Virgílio Marão, autor da expressão latina "labor omnia vincit" (o trabalho a tudo vence), a AMK agradece a sinergia promovida por todos os alunos e professores de seus dojo, sem os quais esta missão não alcançaria o êxito obtido.

Em gratidão e reconhecimento, todos os filiados da AMK saúdam seu presidente e fundador, Henrique Paixão Kyoshi, faixa preta 7º dan, por sua nomeação ao cargo de Assessor junto a CBK. Parabéns também ao seu incansável irmão Antônio Carlos Cardozo Renshi, faixa preta 6º dan, por juntos desenvolverem o karate-do em Maricá, RJ, há mais de quarenta anos.
Dojo-sede da Associação Maricaense de Karate-Do

Conheça um pouco mais da AMK e fique por dentro dos dias e horários de treinamento ao clicar na imagem abaixo.
José Roberto Braga
Prof° Ed. Física da Rede Estadual (CREF 031403-G/RJ)
Faixa preta 4° dan (Reg. CBK 19.0003-4)
Diretor Técnico da AMK

Nenhum comentário: