Seguidores

*** NIJU KUN: 1- Não se esqueça que o Karate deve iniciar com saudação e terminar com saudação; 2- No Karate não existe atitude ofensiva; 3- O Karate é um assistente da justiça; 4- Conheça a si próprio antes de julgar os outros; 5- O espírito é mais importante do que a técnica; 6- Evitar o descontrole do equilíbrio mental; 7- Os infortúnios são causados pela negligência; 8- O Karate não se limita apenas à academia; 9- O aprendizado do Karate deve ser perseguido durante toda a vida; 10- O Karate dará frutos quando associado à vida cotidiana; 11- O Karate é como água quente. Se não receber calor constantemente torna-se água fria; 12- Não pense em vencer, pense em não ser vencido; 13- Mude de atitude conforme o adversário; 14- A luta depende do manejo dos pontos fracos (KYO) e fortes (JITSU); 15- Imagine que os membros de seus adversários são como espadas; 16- Para cada homem que sai do seu portão, existem milhões de adversários; 17- No início seus movimentos são artificiais, mas com a evolução tornam-se naturais; 18- A prática de fundamentos deve ser correta, porém na aplicação torna-se diferente; 19- Não se esqueça de aplicar corretamente: alta e baixa intensidade de força, expansão e contração corporal, técnicas lentas e rápidas; 20- Estudar, praticar e aperfeiçoar-se sempre."

DVDs de Karate-Do

VENDA DE DVDs CE Studio Pilates Kimonos Opção - A Marca dos Campeões

O Melhor da Net

Nihon Karate Kyokai Mão de Ferro Escola de Karate-Do do Brasil Karate Santamariense Mosteiro Zen Morro da Vargem Jutsko - Gustaaf Lefevre Junior Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem

Visualizações

Visitantes

Translate

CAMPEONATO SUL-AMERICANO DE KARATE

Durante os dias 27, 28 e 29 de junho aconteceram em Fortaleza, Ceará, o 13º Campeonato Sul-Americano Junior de Karate e o 23º Campeonato Sul-Americano Senior de Karate, competições realizadas anualmente pela Confederação Sul-Americana de Karate (CSK), entidade gestora da modalidade na porção sul do continente americano.

Em 2013, o Ginásio Paulo Sarasate foi a sede do karate Sul-Americano

A Confederação Brasileira de Karate (CBK), entidade de administração nacional desta arte marcial, devidamente reconhecida pelo MEC, vinculada aos Comitês Olímpicos Brasileiro (COB) e Internacional (COI), e formadora da Seleção Brasileira oficial, organizou este evento continental e não mediu esforços para recepcionar as seleções nacionais dos nove países participantes.
Delegação Brasileira

Mais de quinhentos atletas foram inscritos por Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Chile, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela para disputarem as modalidades individuais e por equipes de kata (luta imaginária com apresentação de formas pré determinadas) e shiai kumite (luta por pontos) nesta que é a segunda competição mais importante do continente americano
Prof. Luiz Carlos Cardoso ao centro da mesa e demais autoridades da CBK e CSK

Estes selecionados atletas proporcionaram ao Campeonato Sul-Americano de Karate um elevado nível técnico, visto que os países participantes utilizaram esta competição como critério para classificar o melhor karateka por categoria para disputar o Campeonato Pan-Americano Junior, evento que será realizado em Medelín, Colômbia, no final de agosto. A Bolívia foi eleita como sede do Sul-Americano 2014.
A Associação Maricaense de Karate (AMK), tradicional escola desta arte marcial em Maricá, RJ, se fez representada em mais este desafio pelos karateka maricaenses Eric Henrique Braga (18), atleta reserva da Seleção Brasileira Senior, Tri Campeão Brasileiro e estudante bolsista do curso de Engenharia de Produção na Universidade Veiga de Almeida (UVA), e Larissa Barbosa Braga (19), atleta da Seleção Brasileira Sub 21, Octa Campeã Brasileira consecutiva e estudante bolsista do curso de Administração na Universidade Veiga de Almeida (UVA). 
 Larissa Barbosa Braga (esq.)  junto a Seleção Brasileira feminina

A convite da organização do evento, a AMK Eventos disponibilizou o Sistema Ronin de Chaves e Placares Digitais nos tatames do certame, os quais mais uma vez mostraram-se aos olhos da arbitragem, atletas, técnicos e público presentes, confiáveis, precisos e funcionais. Enfim, sucesso de público e crítica graças a parceria entre o árbitro José Roberto Braga e o programador Carlos Henrique Quadros.
Maria Castillo (Uru) x Larissa Barbosa Braga (Bra)
Larissa Barbosa Braga (Bra) x Maria Castillo (Uru)

Neste Sul-Americano, Larissa Barbosa Braga enfrentou na categoria individual uma atleta uruguaia nas quartas de finais. Ela não se apresentou com a costumeira competência e foi vencida por 1 x 4.
Pódio por Equipes Sub 21
"Caia sete vezes, levante oito vezes"
Bhodhisatva Avalokitesvara Bodhidharma
Na disputa da categoria por equipes Sub 21 feminina, a técnica Lucélia Ribeiro Brose, única atleta Tetra Campeã consecutiva dos Jogos Pan-Americanos, escalou as atletas Aline de Paula (CE), Larissa Barbosa Braga (RJ), Morgana Ferreira (CE) e Patrícia dos Santos (DF). Ao final do certame, a equipe brasileira conquistou a honrosa medalha de bronze.
Para conhecer os resultados gerais e individuais do 13º Campeonato Sul-Americano Junior de Karate e do 23º Campeonato Sul-Americano Senior de Karate, clique aqui.
Venezuela, Brasil, Colômbia e o presidente da CBK no pódio da classificação geral

Próximos desafios da temporada:

Julho
Agosto
Novembro
  • 07/10 – 8º Campeonato Mundial Junior – Guadalajara, Espanha;
  • 02/03 – Campeonato Estadual de Karate – Rio de Janeiro/RJ;
  • 09 – 8ª Copa Leão de Karate – Rio de Janeiro/RJ.
Para conhecer mais sobre estes guerreiros, acesse nosso site http://www.karateamk.com/ ou entre em contato pelo e-mail joserobertoamk@gmail.com .
APOIO
José Roberto Braga
Prof° Ed. Física CREF 031403-G/RJ, faixa preta 3° dan, Reg. CBK 3.079Reg. FKERJ P 0795

Um comentário:

Corrado Spallanzani disse...

Parabéns pelo engrandecimento do Karatê-Dô no Brasil, fruto de um bom trabalho que vocês estão realizando.

Cordialmente,

Corrado Spallanzani